RESENHA | O TRITURADOR

17 de abril de 2017
Depois de uma ressaca literária enorme, o que me salvou de verdade foi "O Triturador". primeiro livro da série Crusher (que começou a ser escrita em 2012) , publicado pelo Grupo Editorial Record, selo Bertrand Brasil. Narrado em primeira pessoa, conhecendo um pouco sobre a vida de Finn Maguire, um jovem de dezessete anos, que simplesmente resolveu largar a escola e iniciar sua vida no ramo de trabalho, diagnosticado com dislexia e apresenta antecedentes criminais, é um jovem que passou por muita dificuldade e além disso, a sua relação familiar não é uma das melhores, a sua única companhia é na verdade o seu padrasto. 


VOLUMES DA SÉRIE CRUSHER:
1. CRUSHER (2012) - O TRITURADOR (2017)
2. INCINERATOR (2014) - SEM PREVISÃO DO TÍTULO
3. SHREDDER (2014) - SEM PREVISÃO DO TÍTULO

A vida do protagonista é bem pacata, o local onde ele trabalha é simplesmente horrível, Max Snax - mais conhecido como comida de péssima qualidade-, e pelo que pude perceber o protagonista realmente detesta o seu expediente, porém é uma salvação porque o seu pai - que é um roteirista malsucedido - está desempregado, não sai de casa, não conseguiu nenhuma proposta e muito menos está vivendo uma vida tranquila como queria. 

Tudo vira um caos quando em uma simples volta ao trabalho, Maguire acaba encontrando a casa em total escuridão, coisa que não era normal de acontecer e tentava chamar por alguém, mas não escutava sinal de ninguém na residência, até que ele se depara com o corpo do seu pai, praticamente todo ensanguentado e as pistas eram que o rapaz (o pai, padrasto na verdade, mas o protagonista o considera realmente porque eles viveram a vida toda juntos e isso é incrível) tinha sido violentado até a morte... Mas quem seria esta pessoa? Um amigo, um parente próximo?
Além desta questão, a obra apresenta um pouco sobre uma relação bem bacana de pai e filho, mesmo sendo apenas no começo antes da tragédia ter acontecido e confesso para vocês que eles se davam super bem, ocorria uma ajuda coletiva. Em relação aos outros parentes do protagonista a mãe do jovem não deu atenção a ele, fugiu quando ele era mais novo e ninguém tem ideia onde ela se contra, já o pai biológico, por sinal, ele não sabe nem quem é, ou seja, Finn Maguire só tinha apenas o seu padrasto


PARA ENCONTRAR O ASSASSINO, ELE PRECISOU SE TORNAR UM.

E com isso, surgem desconfianças, o único suspeito da morte do rapaz é o próprio filho e a partir daí o protagonista acaba sendo a cada dia mais perseguido pela polícia e uma bola de neve recheada de problemas acabam acontecendo, ele acabou sendo demitido do estabelecimento onde trabalhava por causa da polícia estar envolvida em tudo sobre ele e não queriam 'manchar' a imagem do local - pura sacanagem, não é verdade? 

Finn encontra sua vida sem nenhuma esperança, mas apesar de ter dezessete anos ele é um personagem extremamente evoluído e resolve seguir passos do passado trabalhando em um local de esportes, antes de ser balconista o personagem era boxeador e bastante conhecido como "o triturador" e daí já se tem a percepção da nomeação da obra. É um livro sobre vingança, o personagem principal deseja saber o por quê da morte do seu pai, então ele resolve partir em busca de respostas, mas também tem temas principais sobre relações familiares, além disso o destino do jovem está marcado para morte.
único problema que encontrei foi em relação ao romance desenvolvido pelo autor, pois é, Finn acaba encontrando uma moça com algumas características parecidas com a dele - porém eu acabei não gostando muito das atitudes dela - e o autor deixou algo muito meloso para um livro deste gênero -, porém as explicações logo no final da obra sobre os pensamentos da jovem foram bem significativos. 

Retirando esta parte, o livro foi incrível e estou doido para conhecer mais a escrita deste novo escrito. Sobre a diagramação tenho que parabenizar à editora, porque as letras ficaram em uma qualidade ótima e bem espaçada, também ajudou para que a leitura não fosse cansativa, a introdução de capítulos também estão super bacanas e sobre essa capa? Não tenho nem o que falar, representa muito bem a história e além disso ela é linda, adorei bastante o tom de azul e preto.
Alguns personagens estão ligados ao ponto da morte do pai do personagem, além disso a cada nova pista o leitor acaba sendo levado a desvendar os mistérios junto com o próprio Finn e o sentimento do personagem acaba sendo transmitido também, apresenta inúmeras questões sobre injustiças do dia a dia e outros. É um livro altamente indicado para quem aprecia o gênero, a cada novo capítulo uma surpresa, leitura envolvente e espero que o Niall continue assim, acho que ele aprendeu bastante com a E.L. James (rs), porque para quem não sabia ele é casado com a autora de Cinquenta Tons de Cinza, ou seja, um casal literário encontrado, muito bacana, não é? 

"O Triturador" tem um potencial enorme, é o primeiro livro do autor Niall Leonard e ele estreou de forma bem interessante, sua escrita foi totalmente cativante e para ser sincero eu não tinha muitas expectativas sobre a obra, mas ela acabou me prendeu do início ao fim, um livro para quem adora suspense e mistério recheado de assuntos que ganham qualquer leitor, além disso apresenta um final arrebatador. 


⭐⭐⭐'5
[NOTA: 4.5]

Allons-y, @justificou!

22 comentários:

  1. Oi, adorei essa resenha. Não conhecia nda dessa trilogia mas sua resenha me cativou e fiquei bastante curiosa, ainda mais que ele é marido da E.L. James, mais um motivo para conhecer rs Dica anotada, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom saber que te interessou, espero que leia em breve pra gente compartilhar opinião sobre ele! :)

      Excluir
  2. Olá.

    Não conhecia esse livro e amei poder conhecê-lo aqui. Gostei muito da premissa da história e fiquei bastante curiosa. A diagramação está realmente muito bonita e bem trabalhada. Uma pena que o romance não tenha te cativado. Mas ainda sim vou ler o livro mais p frente e tirar minhas próprias conclusões.

    Beijos,
    Respire Literatura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz em saber que se interessou por ele <3 É um livro ótimo, e mesmo que o romance não tenha funcionado comigo vai funcionar com você talvez! :) Boa leitura!

      Excluir
  3. Olá Luan, tudo bem?

    Nos últimos meses andei vendo algumas publicações do gênero pelo selo clássico da Record, mas infelizmente achei o enredo bem fraco, de acordo com sua resenha. Outra coisa que não entendi é o fato que você perceber apenas algumas facetas do personagem. A gente percebe tudo quando lê, rs.

    Vou deixar a dica passar.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pam! 💛
      Uma pena o enredo não ter te interessado tanto assim, mas conheço seu estilo e tenho certeza que vai dar uma chance qualquer dia - no caso, vou te encher o saco pra ler ele 😂 -. Ah, em relação as características... Eu não poderia falar muita coisa sobre ele, foquei mais no enredo porque este personagem apresenta alguns segredos! HAUAUHAHYAUAYAY.

      Tu vai ler sim, um dia vai! 💙

      Excluir
  4. Gostei da premissa! Acho que vale a pena sair da zona de conforto e ler coisas diferentes de vez em quando! Dica anotada.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, é uma boa dica para apreciar este gênero! Antes eu não gostava muito, mas agora me tornei completamente viciado por ele! HAUAHAAHUAHU

      Excluir
  5. Olá,

    Eu fiquei encantada pela premissa do livro, porque é drama e suspense e são meus gêneros prediletos e o título é um tanto assustador e isso me atrai por demais hahaha.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Eu não sabia essa da autora EL James, rs.
    Ainda não conhecia essa dica, mas fiquei bem interessada. mas vou esperar a publicação dos outros livros, assim leio em sequencia.
    Adorei a dica!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Dessa vez irei passar a dica, pois os gêneros ainda não me agradam muito, e a premissa não despertou o meu interesse.
    Mas fico feliz que tenha gostado, e vou indicar aos meus amigos que gostam!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  8. Olá, ainda não conhecia esse livro mas depois de ler sua resenha já vou anotar o nome dele aqui. Parece ser uma leitura bem tensa, mas também tem esse lado bacana da relação do jovem com o padrasto, uma pena que o personagem precise passar por situações tão complicadas.

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem? Não conhecia o livro e o autor mas acho que isso está ligado a questão de não curtir muito o gênero. Com certeza é um prato cheio para quem curte suspense e tudo mais, porém raramente ou quase nunca leio livros deste tipo. Acho que a parte que você achou melosa, seria a que mais me agradaria, então não sei ainda o que pensar haha Apesar disso, ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. É ótimo quando não temos muitas expectativas com um livro e ele nos surpreende e nos desperta o desejo de ler mais coisas do mesmo autor. Eu adorei a trama e as suas fotos ficaram excelentes.
    Resenha maravilhosa.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá
    Eu já tinha achado a capa bem curiosa, mas depois de começar a ler as resenhas fiquei ainda mais interessada, gosto dessas tramas cheias de mistério. Espero pegar em breve.

    ResponderExcluir
  12. Olá Lu!!!
    Primeiro eu fiquei: "What?? Como assim o marido da E.L.James é o autor desse livro!" :O
    Sim! Admito qie fiquei surpresa e nossa achei incrível ^^
    Não é o meu gênero preferido e nem o que mais leio, porém a história é bem interessante e parece muito boa construída.
    A resenha tá incrível :)

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Heiii, tudo bem?
    Oh gostei do que falou ate aqui do livro.
    Lacrymosa parece prometer ser um livro intenso e que vai nos viciar na leitura.
    Valeu pela dica.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Quero! Não o conhecia, mas me interessei demais pela premissa, tomara que a Record publique os outros. Não sabia que ele era o marido da EL, só sabia que ele era casado com um escritor e só...

    ResponderExcluir
  15. Oi, Lu!
    Que bom que mesmo essa questão do romance entre os personagens não te deixou com uma impressão negativa do livro. Eu gosto muito de livros desse gênero e adorei poder conferir sobre o que você achou, com certeza vou procurar ele para ler.

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  16. Primeiramente meus parabéns pela resenha, ficou lindíssima! E parabéns também pelas fotos, ficaram demais!!!! Não sou muito de ler sobre esse gênero, mas esse livro parece ser muito bom! Estou querendo mudar um pouco os gêneros que leio, pq se não acabo perdendo o gosto da leitura ai é um problema sério.

    Gostei mto da história do finn, e vou te dizer acho que pra esses tipos de livro ter um romance meloso não combina, mas vc falou que teve um motivo. Parabéns mais uma vez e até a próxima!

    ResponderExcluir
  17. Oie! Mais uma trilogia que já gostei pela sua resenha, tive que procurar um pouco mais pra não ficar boiando. Mas já anotei sua dica, apesar que minha lista está gigantesca, não vou perder de ler essa trilo.

    ResponderExcluir
  18. Oi Lu, tudo bem?
    Confesso que pela capa e pelo título eu não leria o livro, mas depois da sua resenha mudei de ideia. Adoro tramas com suspense e investigação policial. Também achei super injusto ele se acusado e perseguido pela polícia a ponto de perder seu trabalho. Dica mais do que anotada. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

グラスホッパー (gafanhoto), se gostou da postagem e está passando para comentar aqui, desde já, muito obrigado, e lembre-se, boas inspirações! ❤