SENDO BIRUTA & PISCINA JÁ! | PARCERIA + RESENHA

28 de abril de 2017

Olá, pessoal! Tudo bem? Novidades chegando por aqui e entre elas é que o site (sim, agora somos site, muito legal isso, não é mesmo?) foi aceito para o processo de parceria da Editora Biruta e Gaivota, ou seja, estou totalmente feliz com essa nova conquista e totalmente grato pelo tamanho apoio que vocês estão dando para o Justificou! \õ/ Vou apresentar apenas breves informações a respeito sobre esses dois selos pois estou bastante animado para comentar a respeito do primeiro livro de parceria que recebi desta editora.
[ EDITORA BIRUTA ] : Nasceu em uma vila bem florida, lugar muito sossegado, no miolo barulhento de São Paulo. Isso foi um estímulo para que nossos sonhos florescessem e tomassem a forma que têm hoje. No ano de 2016 completamos 16 anos de vida! E temos muito a comemorar. A proposta original da Biruta foi mantida ao longo desses anos e vem sendo, a cada dia, aprimorada. Sempre entendemos o livro como um conjunto harmonioso de texto, projeto gráfico e ilustração. A opção pela descoberta e lançamento de novos talentos nacionais mostrou-se muito estimulante e bem-sucedida. É gratificante poder contribuir para a diversidade literária e poder acompanhar o reconhecimento e sucesso de autores lançados pela Biruta e que cresceram conosco. Nossas aventuras por terras estrangeiras permitiram dar um tempero especial ao nosso catálogo. Publicamos livros clássicos, mas ainda desconhecidos no Brasil, e também livros com temas e narrativas muito originais e divertidas, contribuindo para a formação literária dos nossos pequenos e jovens leitores.
[ EDITORA GAIVOTA ] Qualidade literária, projetos gráficos ousados e instigantes, ilustrações que encantam… É tudo o que almeja uma editora de livros infantojuvenis que considera seus leitores sensíveis, inteligentes e curiosos. E este é o objetivo desta jovem editora — Gaivota —, criada no final de 2011, um novo selo lançado pela Editora Biruta. Mas o desafio vai além. Percebemos uma lacuna importante nos textos destinados a crianças e jovens: livros que abordem temas de diferentes áreas do conhecimento de forma a despertar a atenção e a curiosidade dos leitores. A abordagem lúdica de temas muitas vezes considerados herméticos, complexos ou desinteressantes pode servir de trampolim para estimular e/ou facilitar o interesse em conhecer e aprofundar esses assuntos. Aproximar crianças e jovens de temas que parecem distantes de seu cotidiano pode despertar e antecipar interesses que, muitas vezes, se revelam tardiamente. Mas este foco não exclui a apresentação de obras que estimulem a fantasia, inspirem a aventura e deem acesso aos nossos jovens leitores ao que há de melhor na literatura infantojuvenil nacional e estrangeira.
Título: Piscina Já
Autor: Luiz Antônio Aguiar
Ilustrações: Tiago Lacerda
Publicação: Editora Biruta
Ano de Publicação: 2014
Número de Páginas: 104

 [+] Cedido em parceria com a Editora para resenha.
________________________________________
S I N O P S E : Era um Brasil bem diferente. Um país debaixo de Ditadura. Tem gente que não conheceu esses tempos e nem imagina como foi. Era dureza, chumbo grosso. O Brasil estava um breu na época. E mesmo assim a garotada do Condomínio da Colina partiu para a briga contra a repressão. E foi uma aventura dessas que quem viveu nunca esquece! Como foi? No que deu?… Está contado aqui… em Piscina Já! Uma viagem para um tempo em que gente como a gente lutou – de várias maneiras – pela liberdade!

Durante todas as minhas leituras com infanto-juvenis esta é a primeira que o enredo apresenta um assunto bastante sério e que de certa forma traz uma falta em paradidáticos atualmente, assim que li algumas informações a respeito notava-se que era uma leitura para crianças de oito anos, mas o bom de obras deste gênero literário é que muitas vezes ela aborda um tema específico para diversas idades com assuntos que devem ser mais discutidos na atualidade.

É década de 1970... E o que te lembra? A triste época da Ditadura Militar no Brasil, entre 1964 e 1985, que no caso "Piscina Já!" traz um ponto de vista de uma menina com uma maturidade avançada, na realidade seria uma mulher porém relembrava suas épocas de infância, que no caso era por meio de brigas contra a repressão. Lara tem onze anos e bom, ela é uma criança normal que adora se divertir pelos parques e também em uma piscina que tem perto do Condomínio da Colina, localizado na Serra de Araras
Só que na época das férias da protagonista, isso no finalzinho de 1971, a ditadura militar estava ganhando mais posse e fazia o que bem queria... O número de mortes e torturas aumentavam e no primeiro capítulo ela tem um tio, chamado Zeca, que é totalmente fascinado pelo guerrilheiro Che Guevara. O parente da garota tinha aspectos bem peculiares e queria lutar pelos seus direitos, sempre saía pelas ruas e durante esta época Lara, infelizmente, não teve mais nenhuma notícia dele.


Além disso, outro desastre acabou acontecendo, sempre nos dias de verão a turma se juntava para se divertir na piscina, como eu já tinha falado anteriormente, mas com toda essa crise que estava acontecendo o general, Pimenta, acabou secando o tanque e as crianças estavam com a sua felicidade esgotada, e por incrível que pareça este comandante tem a visão própria de si como um rei totalmente poderoso, típico da época, que todos devem obedecer as suas regras... E daí a protagonista acaba mostrando toda a sua determinação e vai atrás dos seus direitos. Um dos pontos positivos, porque apesar da idade Lara vê que aquilo está errado e luta contra isso.
A forma como é caracterizada este marco histórico é impressionante,a forma que o autor descreve os fatos é de chocar o leitor pelo fato de ser realista, porém ele não retira o lado infantil na obra em nenhum momento e concordo completamente com ele, é necessário que as crianças saibam tudo o que passamos para conseguirmos a liberdade, quer dizer, uma parte dela. Umas das frases que de certa forma acabei me comovendo bastante foi uma fala da mãe da protagonista:


"Lara! Não dorme só de calcinha porque, se os cretinos vierem, vão se aproveitar!"

Lembrando que a garota só tinha onze anos quando aconteceu todo esse escândalo no país, além disso temos as famosas invasões domiciliares, é claro o fato de que todos eram desrespeitados. Muitos eram apreendidos por nenhum motivo e em outros casos os próprios policiais chegavam com armas atirando em toda a família.
A única ressalva que tenho que informar por não ter sido favoritado é que a protagonista não fala muito sobre ela e sim dos outros personagens, dificilmente é encontrado mais sobre a história dela, a única coisa que temos é de fato a luta dela para garantir o direito da piscina. Talvez, vocês estejam pensando que essa história seria apenas de uma garota mimada, mas infelizmente essa teoria não está correta. Lara é uma protagonista com uma atitude bastante elevada, além disso a forma como ela lida com as situações é de total leveza, porque de um lado ela sabe que deve ser feito a dedicação para tornar-se livre.
A diagramação está super bacana, a Editora Biruta teve um cuidado enorme com a edição, apesar de ter páginas brancas as ilustrações apresentadas deram um charme gigante no livro, as letras estão em um ótimo tamanho, além disso nem preciso falar dessa capa, não é verdade? Outra coisa, temos um extra que os próprios editores demonstram características sobre a ditadura, ou seja, evoluindo ainda mais a perspectiva do público infantil.

[NOTA: 5.0]
Allons-y, @justificou!

10 comentários:

  1. Que legal que conseguiu a parceria com esta editora. Eu gosto muito das obras que eles publicam. Esse livro que você comentou no post parece ser muito bom. Fiquei bem interessada na história.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela nova parceria que ela seja muito proveitosa para ambos os lados. E que fotos lindas adorei. Que só venha coisas boas para você.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi rapaz! Achei teu blog no grupo do facebook. Vim aqui dar uma olhada e que surpresa boa! Você escreve bem! Parabéns! Pelo blog e pela resenha muito bem escrita!

    Grande Abraço!

    O.C.

    ResponderExcluir
  4. Que legal! Parabéns!
    Achei as edições muito lindas!
    Não conhecia os livros da editora, vou acompanhar por aqui. beijos

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela parceria, a editora tem boas publicações. Não tinha visto este livro ainda, mas o enredo não me interessou muito.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela parceria Lu! é tão bom quando vemos nosso trabalho ser reconhecido né?! Eu adorei a sua resenha sobre a obra, confesso que não a conhecia, nem o autor, porém a premissa me chamou muito atenção e já adicionei na minha lista de desejos.

    Beijos,
    www.paginasincriveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Parabéns pelas conquistas e desejo que venha muito mais!
    Eu ainda não li nada dessas editoras e os títulos são bem atraentes.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem? Parabéns pela parceria. Espero que colha bons frutos e tenha sucesso. Confesso que o catálogo da editora, até onde conheço, não é do meu agrado, mas agora poderei ver as novidades por aqui.
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Lu, tudo bem?
    Fico muito feliz por sua conquista, parabéns pela parceria!!!! Que carinho que a editora teve com a edição do livor que parece ser linda. Nunca tinha visto ao assunto da ditadura ser abordado em um livro infantil, o autor está de parabéns por isso. Não sou o público alvo do livro, mas é um bom presente. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Achei esse livro super interessante, principalmente por contar um fato tão importante pelos olhos de uma protagonista tão nova, isso é muito diferente do que estamos acostumados a ver. Adorei poder conferir a sua resenha!
    Beijos.

    ResponderExcluir

グラスホッパー (gafanhoto), se gostou da postagem e está passando para comentar aqui, desde já, muito obrigado, e lembre-se, boas inspirações! ❤